25 de dezembro, É NATAL!

25 de dezembro é considerado como o dia do nascimento de Jesus Cristo. Em quase todas as partes do mundo este dia é alegremente festejado. Jesus simbolizava profundamente o espírito da família e de união, pois sempre se associa a sua figura a de Nossa Senhora e de São José. O espírito de união. Ele pregou o espírito de solidariedade humana ao conviver fraternalmente com os apóstolos, que assim conheceram a bondade, a compreensão, o amor. Por isso, o Natal é a festa máxima da cristandade. É quando as famílias se reúnem. O sentimento de afeto faz esquecer as falhas humanas, os ressentimentos. Parece que a humanidade percebe nesse dia que a vida é muito breve para ser dissipada com sentimentos inferiores, como o rancor, o orgulho, a vingaça e se conscientiza de que a oportunidade de estar com a família não será eterna. O tempo leva entes queridos e vai deixando recordações. A data de 25 de dezembro foi convencionada no século IV. Na Idade Média, o Natal era a primeira e mais importante das festas populares. Dos vários hábitos incorporados ao Natal, três persistem até hoje: a missa do Galo, a árvore de Natal e a ceia da família. Um dos costumes também consagrado é a distribuição de presentes, o que constitui um acontecimento especialmente do agrado das criansças.
Fonte: A Pérola do Mamoré.

  • 2
    Shares