Home / Destaque / Aproximadamente 6 mil eleitores estão inaptos em Guajará-Mirim e Nova Mamoré.

Aproximadamente 6 mil eleitores estão inaptos em Guajará-Mirim e Nova Mamoré.

Prazo para regularização encerrou no último dia (09) deste mês de Maio. Eleitores inaptos só poderão rever situação a partir do dia 5 de novembro. Aproximadamente 6 mil eleitores, que não regularizaram os títulos, estão impedidos de votar neste ano em Guajará-Mirim e Nova Mamoré (RO), cidades distantes a mais de 300 quilômetros de Porto Velho.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), quem não regularizou os títulos dentro do prazo não poderá votar nas eleições do próximo dia 7 de outubro para Presidente da República, Governador, Senador e Deputados Estadual e Federal.

No total, as duas cidades têm 5.888 eleitores inaptos para votar, sendo 3.916 em Guajará-Mirim e 1.972 em Nova Mamoré.

Em relação a quantidade de aptos para o voto, o TRE informou ainda que a região tem 45.638 eleitores disponíveis. Guajará conta com 28.609, enquanto Nova Mamoré tem 17.029.

 Atendimentos para regularização de títulos iniciam novamente a partir do dia 5 de novembro (Foto: Rede Amazônica / reprodução )

Próximo prazo para regularização

Ainda segundo o TRE, quem não está com o título eleitoral em dia, só poderá regularizar a situação novamente a partir do próximo dia 5 de novembro, quando reabre o período de atendimentos.

Além de pagar multa, o eleitor sofre algumas restrições em relação ao título irregular: não pode tirar passaporte, carteira de identidade, receber salário, concorrer a cargo público ou administrativo estatal, solicitar empréstimos, se matricular em instituições de ensino e assumir cargo público.

Fonte: G1/Ro e A Pérola do Mamoré.

 

Sobre Guajará-Mirim A Pérola do Mamoré

Leia também

6° BPM FRON oferta café da manhã à imprensa local e autoridades

Na manhã desta sexta-feira (25), o Comando do 6º BPM Fron realizou um café da …