Home / Destaque / Copa do Mundo de 2018 na Rússia: perguntas e respostas

Copa do Mundo de 2018 na Rússia: perguntas e respostas

Evento começa em 14 de junho e vai até 15 de julho.

A arena Luzhniki, em Moscou, será o principal estádio da Copa do Mundo da Rússia em 2018 (Foto: Iliya Pitalev/Sputnik )

Copa do Mundo de 2018 acontece na Rússia, a partir desta quinta-feira (14). Na primeira fase, o Brasil enfrenta a Suíça, a Costa Rica e a Sérvia. Veja abaixo perguntas e respostas.

Quando será a Copa do Mundo?

O evento começa em 14 de junho e termina em 15 de julho, na Rússia.

Quantas seleções participarão do torneio?

32, divididas em oito grupos: além de Brasil e Rússia, participarão Arábia Saudita, Egito, Uruguai, Espanha, Irã, Marrocos, Portugal, Austrália, Dinamarca, França, Peru, Argentina, Croácia, Islândia, Nigéria, Costa Rica, Sérvia, Suíça, Alemanha, Coreia do Sul, México, Suécia, Bélgica, Inglaterra, Panamá, Tunísia, Colômbia, Japão, Polônia e Senegal.

Quando o Brasil estreia e contra quem joga?

O Brasil estreia domingo, 17 de junho, às 15h, contra a Suíça, na cidade de Rostov. Depois pega Costa Rica, em 22/6, às 9h, em São Petersburgo. Para encerrar a participação na fase de grupos, a seleção enfrenta a Sérvia, no dia 27 às 15h, em Moscou.

Quantas seleções se classificam para a fase seguinte?

16, as duas melhores de cada um dos oito grupos.

Será feriado no Brasil durante os jogos da seleção brasileira?

Não. O Ministério do Trabalho anunciou que os dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo da Rússia não serão considerados feriados. Cada empresa deve decidir se libera, ou não, os funcionários. No caso de liberação, deverá haver negociação para a compensação das folgas.

Os bancos terão horário de atendimento reduzido em dias de jogos do Brasil?

Sim. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em dias de jogos às 9h, o atendimento será das 13h às 17h. Em dias de jogos às 11h, o atendimento será das 8h30 às 10h30 e das 14h às 18h. Já em jogos às 15h, o atendimento acontecerá das 9h às 13h.

Fonte: G1 /A Pérola do Mamoré.

Sobre Guajará-Mirim A Pérola do Mamoré