Engenharia do Exército chega ao RS para terminar obra que se arrasta há cinco anos

AGORA NO RS/BLOG DO MONTEDO

OBRA QUE NUNCA ACABA
Grupo do exército chega ao RS para trabalhar nas obras de duplicação da BR-116

Vitor de Arruda Pereira
Após cinco anos de obras atrasadas, um grupo de 25 militares do Exército chegou ao Rio Grande do Sul para trabalhar nas obras de duplicação da BR-116.
De acordo com o comandante do 4º grupamento de Engenharia do Comando Militar do Sul, coronel Rogério Cetrim de Siqueira, pelo menos 300 militares de Santa Catarina serão destacados para trabalhar nas obras de duplicação da BR-116, no Estado, até maio de 2019.
O primeiro grupo está em um alojamento em Guaíba, região metropolitana de Porto Alegre. O trecho onde as equipes atuarão tem 50 quilômetros e vai de Guaíba até Tapes. Os trabalhos devem começar em fevereiro e durar 38 meses.
”Inicialmente, vieram 25 pessoas com o objetivo de preparar cozinha e alojamentos para os grupos do Batalhão Ferroviário que estão para chegar. O primeiro virá no início de fevereiro”, ressaltou Siqueira.
O termo de execução foi firmado entre o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e o 1º Batalhão Ferroviário de Lages, de Santa Catarina.
A obra irá custar R$ 207 milhões e o valor será repassado ao Batalhão.

Deixe uma resposta