Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Home / Destaque / Previdência: Mourão quer aprovação da reforma ainda este ano, mas garante: militares estão fora.
O vice-presidente eleito, general Mourão, criticou a comunicação do novo governo – Mauro Pimentel/AFP

Previdência: Mourão quer aprovação da reforma ainda este ano, mas garante: militares estão fora.

Em entrevista a Folha de São Paulo, o vice presidente eleito abordou diversos assuntos controversos e criticou a comunicação do novo governo. Seguindo seu estilo, deu mais uma declaração polêmica, ao dizer que o Senador Magno Malta, ao perder a reeleição no ES, tornou-se um ‘elefante na sala’ para o futuro governo de Bolsonaro.
Mourão defendeu que se discuta a reforma da Previdência ainda este ano, mas reconhece que haverá dificuldade em se aprovar o projeto neste momento.
Ele definiu as mudanças nas regras de aposentadoria como ‘necessárias’ e usou uma metáfora do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, como exemplo.
“O Paulo Guedes faz uma imagem que eu considero muito pertinente. Ele diz que nós temos um avião que vai cair no nosso colo. Se a gente passar essa reforma, o avião vai voar mais lá para frente. E ai a gente tem tempo de trocar o motor com ele voando. Essa é a importância dela.”
Apesar da defesa, o general diz que os militares não serão incluídos na reforma em um primeiro momento.
“Os militares não estão abrangidos nesta reforma. Eles não estão neste pacote. Esse pacote mantém como está. Não vai mexer nele. A posteriori, é isso que é, vamos ajustar o motor do avião com ele voando.”
Leia a entrevista na íntegra.
Folha de São Paulo/montedo.com

About Edmilson Braga – DRT 1164

Edmilson Braga Barroso, É militar do EB R/1, formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Rondônia e Pós-graduado em Gestão Pública pela Universidade Aberta do Brasil.